sorrisos espelhados no chão por onde pés descalços passaram. um sorriso transporta tanta energia e tanto alento, deixa-te levar por ele que acabas num rio de lágrimas alegres, numa chama quente e dilacerosa, numa cama sugada por ti mesmo. deixa que a maré te leve, que os sons te transportem para o seu mundo e, assim, vais conseguir nunca atingir a palavra dúvida; porque dúvidas é o que queres longe agora. bem perto só queres mesmo o calor amigo ou as palavras que ficaram por dizer, aquelas em que pensaste mas decidiste guardar só para ti, só para aqueles que te acompanham nas pontas dos dedos, aqueles que sorriem desde da cabeça aos pés. deixa-te levar pela acriançada música e sorri.

2 comentários:

  1. deixo-me levar pela tua escrita como se pela acriançada música - e sorrio.

    ResponderEliminar
  2. Sim, dá para ver que sentes o mesmo.

    ResponderEliminar